domingo, 24 de maio de 2009

Indiference...

Tenho que agradecer a todos que visitam e visitaram meu blog durante a última semana!

Esse texto é antigo, mas traz um sentimento gostoso de amor platônico!

Esse é o primeiro de dois textos de mesmo nome...

Espero que apreciem...

Indifference

João Luiz Mattos Souza

E era assim:

Você era minha

E eu seu

Você me amava

E eu apogeu

A vida estava ao seu redor

E eu observava

Desamava

Chorava

Perdoava

Ficou assim:

Eu sendo seu

E te amando

Você suportando

Vingando

Chorando

Esquecendo

Dando o troco sem troco

Matando o que nem deveria nascer

Sangrar

Dilacerar

Morrer.

Nenhum comentário: