quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Ultimo post de 2010!

Obrigado a todos que visitaram meu blog!

Fizeram eu ficar muito feliz!

Obrigado pelos comentários e visitas...

Espero que apreciem as novas músicas e o ultimo texto do ano!

Escrevo sobre amizade, amor, tempo, laços e outras coisas....

Apreciem a leitura!




Tempos e laços...
João Luiz Batista Mattos

Bem
Há algum tempo andava sozinho
Sem rumo
Querendo ser ou provar para o mundo minha existência
E permaneci só
Construí alguns laços que hoje são os mais fortes que minha própria vida
Passei deixando outros laços para trás
Aprendi nessa caminhada que ainda está longe de um fim
Que todos nessa vida tem o seu valor
Todos me ensinaram algo que por vezes não quis aprender
Deve-se valorizar e entender as pessoas como elas são
As pessoas em seu tempo têm seu valor
Elas anseiam em provar isso para o mundo assim como eu também ansiei e anseio até hoje
Confesso que deixei para trás alguns laços
Pessoas que poderiam fazer falta, mas elas não estão mais ali
Segui em frente
Algumas vezes, como no termino do colegial, não deixei que vissem as lágrimas que rolaram naquela despedida
Me fortaleci, aprendendo bem mais a perder do que a ganhar
Criei laços com pessoas que eu pensei que fossem me matar num primeiro momento, mas que hoje, não consigo viver sem
Tenho laços com pessoas que amo de graça, pela empatia que tenho com elas, por elas me fazerem chorar com uma palavra amiga
O tempo fez conservar os 2 melhores laços, por serem antigos, por sabermos o que pensamos, sentimos e queremos....
Vejo pessoas que estão perto hoje e que me fazem forte
Pessoas que estão longe e me dão força
E pessoas que sabem que eu tenho a força que elas precisam para sobreviver...
Você meu amigo
Não desista de viver
Não desista de perseguir seu sonho
Haverá um amanhecer melhor sim
Desistir é para fracos e se você me tem como exemplo mesmo sendo melhor que eu
Não desista!
Para aqueles que estão longe
Vivam
Não é coisa melhor do que se dedicar a um amor somente seu
Isso fortalecerá sua alma tão como balsamo da manhã
Tem outros que implicam comigo e acham que tudo é tão fácil como se parece
Tudo bem, o tempo mostra e sempre vai deixar a provar que uma hora estive certo
Vamos todos em cada parte do mundo
Seguindo em frente
Não adianta nada parar sem caminhar
Não adianta nada olhar pra frente e pensar no passado
Os laços que são fortes permanecerão fortes durante o tempo que for necessário
Ainda anseio por reconhecimento, mas essa minha sede hoje, é menor porque tenho um amor em mim que já me reconhece
E isso no meu coração tem me bastado
Criarei um laço que será eterno...
Dentro de meu coração e tudo permanecerá lindo!
Não posso e jamais negarei esse amor que é maior que céus e mares
Esse é o meu maior laço!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Edição extra...

Continuo agradecendo os acessos e comentários...

Fiz um texto para um amigo que não está num momento legal...

Espero que com esse texto faça com que ele e pessoas que passam pelo que ele tem passado consigam ter e ver uma luz no fim do túnel!

Obrigado pelos acessos e boa leitura...


Tristeza não dá mais...
João Luiz Batista Mattos

Sabe aqueles dias tristes?
Eles não devem habitar em sua vida
Entendo que todos nós temos e devemos tirar um dia para chorar
Entristecer-se é normal quando o motivo é forte demais
Contudo, devo te dizer
Nem a solidão é motivo para tristeza
Até porque, sozinho tens a oportunidade de encontra-se consigo mesmo
Fazendo isso, se conhece mais
Um dia ou outro, fazemos birra e manhã em busca de atenção
Não recomendo isso, embora seja importante as vezes
Algo importante, caro amigo é ter ciência de quem você é e de sua importância para o mundo
Não seja apenas um turista da vida, que acha que esta apenas de passagem
Isso não o dará espaço entre os belos, populares e bem articulados
Viva de acordo com o que sente, alimente seu sentimento com alegria e pureza.
Confie em Deus, confie em si mesmo e estabeleça uma nova ordem de crescimento em sua vida
Amigo, eu sei a dor que sente
Conhecer sua dor faz-me te ajudar
Aprende com sua dor, blinda seu coração com confiança em si mesmo
Se você for querido por si mesmo, por tabela, as pessoas vão te querer bem
Tudo começa por você e termina em você
Sua força de vontade, seu amor por si mesmo, a sua aptidão em fazer coisas novas
Isso tudo fará você levantar
Não há meu amigo tempo para tristeza
E se ela mesmo assim insistir em vir até você
Deixe-a que a dure uma noite
Mostre-a que você, filho da Promessa sabe que ao amanhecer ela desaparecerá
Viva meu amigo
Ame meu amigo
Antes de qualquer pessoa, a si mesmo
Antes de viver qualquer pessoa, viva a si mesmo
Seja seu melhor amigo
Fiel, companheiro e nunca se abandone
Sei que é tudo muito difícil
Mas tendo Deus é tudo mais fácil
Ele te carrega nos braços e não precisará passar por espinhos de fogo!
Viva essa verdade
E essa verdade te libertará.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Postagem de Novembro...

Olá pessoas e seguidores...

Há uma gangorra de sentimentos imensa em minha vida e nesse texto eu resolvi escrever sobre isso!

É um texto novo feito agora 05-11 e eu espero que não se assustem com a abordagem do texto tá bom?

Espero que continuem visitando e deixando seus comentários e divulgando também....

Obrigado a todos.





Sobrevivente...
João Luiz Batista Mattos

Sabe...
Eu nasci, meu desafio prematuro foi permanecer vivo
Não fui amamentado, parece que na minha vida eu era e fazia sempre os maiores desafios
Na escassez de leite, sobrevivi
Tive uma infância ausente de atenção
Nunca fui de muito amigos
Não era popular
Era feio, magricelo e sem nenhum dote aparente
Por fim, ignorado por todos
Adolescente, fiz coisas absurdas para ter atenção
Sucesso nenhum tive com relação a isso
Sempre achava que minha vida seria como na televisão que eu seria agraciado de alguma forma e isso não aconteceu...
Com essas futilidades resisti bravamente a primeira paixão, perda de inocência e depressão.
Sobrevivi...
Me blindei contra mim mesmo e me vi mentindo...
Mentiras sinceras, que me defendiam do grande mal que era eu mesmo
Perdi mais do que ganhei com tudo isso
Em um certo momento, me vi sozinho tendo que administrar minha própria vida
Nem acreditei em tais coisas que aconteceram depois
Perdi meu tesouro e pensei que seria meu fim bem próximo
Sobrevivi, aos cacos, lutando contra o desejo de não estar mais aqui
Transferi isso para amores que não foram os melhores do mundo, mas me iludi que podia dar certo
Quando não deram certo, ignorei e segui vivendo, afinal para mim já tinha sobrevivido ao pior de todos os revezes
Agora, adoraria deixar de ser um mero sobrevivente, para ser um vencedor
Pois aquele que simplesmente sobrevive não vive
Vegeta e não sabe o sabor de vencer e receber os méritos por isso!

domingo, 3 de outubro de 2010

Postagem muito especial...

Olá queridos...

Tudo bem?

Quero primeiramente agradecer os acessos e escrever que essa é uma postagem especial!

Hoje, dia da democracia, é também o aniversário de minha noiva, então resolvi dar meu presente pra ela aqui no blog!

Espero que ela e todos voces apreciem!

Amor amigo...
João Luiz Batista Mattos

Sabe,
Hoje é um dia especial
É seu aniversário
Dia onde seu nascimento me deixou feliz
Sabendo você que ouvir sua voz me acalma
Saber entender você é o que me faz e me deixa forte.
Cresci, mudei, amadureci e me tornei forte por nós
Cada segundo aprendo uma coisa nova com você
Aprendo a ter fé, amorosidade, esperança e confiança
Não consigo me imaginar longe de você
Longe de seu amor
Longe de seu carinho
E eu sei cuidar bem de você
Todos os dias de minha vida
Sabendo você que eu quero ver sim o sol nascer com você
Sua oração que alcança o coração do Pai, me faz amar mais ainda você
Tudo conspira e coopera para eu te amar até o final dos dias
Sim, você é a pessoa mais importante hoje na minha vida
O que seria de nós se estivéssemos um sem o outro?
Sinceramente, não sei!
Não me vejo sem você, não me imagino viver sem teu amor e sem te amar!
Tudo em mim é feito para te amar e apenas te amar!
Obrigado meu amor, por nascer para me fazer feliz!

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Independência em vida...

É queridos...

Mais uma atualização do meu blog...

Embalado com o feriado que nos trouxe independência, criei um texto de acordo com as coisas que estou vivendo...

Espero que gostem!

Obrigado pelas visitas e continuem visitando...



Independência em vida...
João Luiz Batista Mattos

Sinceramente
Me sentia refém...
Além de muitas coisas que me prendiam e eu consegui me soltar
Mesmo assim me sentia refém
Refém de um cuidar que não me pertencia
Um cuidar que não me respeitava
Só me sugava
Absorvia
E me amargurava
Gritos de independência são dados em toda vida
As vezes, eles não são como deveriam ser
Mesmo assim são vistos como vitória para alguns
Angustia para outros
Sei que hoje me libertei de um forte grilhão...
Uma amarra que não pretendo mais tê-la
Vou ser feliz sem ninguém para me ridicularizar
Humilhar e depreciar...
Viverei para provar a mim mesmo que fiz tudo que era bom
Querendo dar a todos que me cercam o meu melhor
Quem sabe apreciar, continuará ao meu lado para toda vida
E vou me sentindo livre
Tranqüilo, em paz...
Não guardo raivas e nem mágoas
Bem sabe irmão que não sou assim
Só que já não o quero perto de mim
Aprendi do pior jeito
Sobrevivi a isso como a tudo na vida
E um dia saberá que eu humildemente, venci!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Domingo com voce

Olá queridos...

Esse mês resolvi fazer uma postagem especial...

Recebi de Deus boas noticias, inspiração dada pelo meu amor e resolvi contemplar a quem gosta de bons escritos com um novo texto.


Espero sinceramente que gostem....



Domingo com você!
João Luiz Batista Mattos

E meu domingo terminou
Engraçado que as vezes pensava que era tudo tão triste
Minha vida era tão vazia
Agora parece que tem sentido
Fecho meus olhos e vejo você
Um sorriso, uma doçura, uma verdadeira mulher
Escritos de amor, são feitos para serem escritos
Vidas existem, sim, para serem vividas
Pensamentos existem, para serem analisados
Quem sabe postos em pratica
Um amor existe, apenas para ser único
Não há possibilidade de não se amar
Ou não deixar-se amar
É tudo tão calmo, tranqüilo e suave
Nos apreciamos
Nos entendemos
Temos entre nós os mesmos gostos
O feelling entre nós é único
Até pensamos em não fazer certas coisas
Contudo, pensamos e agimos em nome do amor
Hoje, meu domingo terminou
Enquanto eu voltava para casa
Pensava carinhosamente em você
E é assim que quero pensar por toda a minha vida
Sabe por quê?
Porque te amo!

domingo, 1 de agosto de 2010

Fim de domingo...

Olá queridos leitores...

Quero agradecer pelas 200 visitas nesse mês, é muito importante saber que meus textos atraem a atenção das pessoas!

Eu tenho andado atarefado, essa coisa de casar é boa mas termina tomando todo o tempo para os preparativos.

Bem, o texto de hoje não é novo, mas é um texto que retrata bem o fim de um domingo....

Apreciem!


Fim de Domingo
João Luiz Mattos Souza
No instigante fim de domingo
O pequeno instante de solidão
Parece que nunca acaba
Senti realmente o que é o amor
Um lindo romance
Um pequeno instante
Poucos gestos
Grandes emoções
E no jogar das palavras
Me atrapalho
Em sua frente me embaraço
Não sei se me calo
O medo surge
Quando nós nos despedimos
A solidão me acompanha
Nos confins da vida
Um dia espero lhe encontrar
Me farás feliz como na primeira vez
Sentirei novamente o amor
E assim descansarei em paz!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Sobreviventes do acaso.

Olá a todos...

Obrigado mesmo por esperarem...

Enfim terminei a primeira parte da atualização do blog... 

Vou postar um texto inédito aqui e espero que vocs apreciem a leitura!

Deixo meu agradecimento a todos que acompanham o blog...

Que Deus abençoe a voces!

Boa leitura!

Sobreviventes do acaso...

João Luiz Batista Mattos



Me peguei aqui...

Lembrando o meu dia de ontem...

De como sei que o preocupar é bom

E como é gratificante não ser um estranho para você...

Não há nada que vá nos deter...

Vou e estou curado e sei que não te direi adeus...

Talvez, um até breve, e isso acalmará a alma durante a distancia...

Sei sim...

Que tudo que ainda estamos passando é prova...

Somos inteligentes e sabemos como passar nisso tudo...

E o mundo gira, a bola rola e estamos na luta...

Somos grandes, pirados, fieis, calmos e com juízo...

Acredito que a cada dia que passa, não preciso pedir perdão a mim mesmo...

Te amo e não tenho medo de outra desilusão, mas porque teria?

E se tiver eu um motivo para ficar desiludido

Trarei à memória aquilo que sempre me trouxe esperança...

Viverei no final...

No inicio...

E no começo...

Afinal, um sobrevivente do acaso como eu

Não se deixaria abater por coisas tão pequenas, tendo superado montanhas imensas...

E assim vamos...
Sobrevivendo e vivendo um mundo inteiro em nós mesmos...

É essa a força que nos faz viver...

sábado, 26 de junho de 2010

Em breve atualizações...




Eu sinto muito amantes da boa música e dos bons escritos....

Estive meio confuso por um tempo e sem inspiração...

Contudo, prometo que ainda esse mês trarei novas reformulações para o blog, sem deixar cair a qualidade que voces se acostumaram a ver...

Mil desculpas por estar fazendo voces esperarem.. mas... atualizarei o blog em breve...

Meu muito obrigado a todos...