sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Postagem de Novembro...

Olá pessoas e seguidores...

Há uma gangorra de sentimentos imensa em minha vida e nesse texto eu resolvi escrever sobre isso!

É um texto novo feito agora 05-11 e eu espero que não se assustem com a abordagem do texto tá bom?

Espero que continuem visitando e deixando seus comentários e divulgando também....

Obrigado a todos.





Sobrevivente...
João Luiz Batista Mattos

Sabe...
Eu nasci, meu desafio prematuro foi permanecer vivo
Não fui amamentado, parece que na minha vida eu era e fazia sempre os maiores desafios
Na escassez de leite, sobrevivi
Tive uma infância ausente de atenção
Nunca fui de muito amigos
Não era popular
Era feio, magricelo e sem nenhum dote aparente
Por fim, ignorado por todos
Adolescente, fiz coisas absurdas para ter atenção
Sucesso nenhum tive com relação a isso
Sempre achava que minha vida seria como na televisão que eu seria agraciado de alguma forma e isso não aconteceu...
Com essas futilidades resisti bravamente a primeira paixão, perda de inocência e depressão.
Sobrevivi...
Me blindei contra mim mesmo e me vi mentindo...
Mentiras sinceras, que me defendiam do grande mal que era eu mesmo
Perdi mais do que ganhei com tudo isso
Em um certo momento, me vi sozinho tendo que administrar minha própria vida
Nem acreditei em tais coisas que aconteceram depois
Perdi meu tesouro e pensei que seria meu fim bem próximo
Sobrevivi, aos cacos, lutando contra o desejo de não estar mais aqui
Transferi isso para amores que não foram os melhores do mundo, mas me iludi que podia dar certo
Quando não deram certo, ignorei e segui vivendo, afinal para mim já tinha sobrevivido ao pior de todos os revezes
Agora, adoraria deixar de ser um mero sobrevivente, para ser um vencedor
Pois aquele que simplesmente sobrevive não vive
Vegeta e não sabe o sabor de vencer e receber os méritos por isso!

2 comentários:

Jackie disse...

Belo texto!Gostei. Reflete bem alguns momentos de sua vida e seu mix de sentimentos.

Aмbзr Ѽ disse...

viver sem se esquecer de cada sabor de vitorias mais dificeis ou nao...

lindo post.


http://terza-rima.blogspot.com/