domingo, 4 de dezembro de 2011

Novo texto...

Olá queridos e queridas...

Tem um texto novo que fala muito de tudo aquilo que fazemos durante nosso dia a dia...

Apreciem a leitura....

Rotina
João Luiz Batista Mattos

Ah, rotina,
Dia e noite sempre igual
Minha vida, amores, vícios e virtudes
Os dias passam e tudo parece igual
Nem aqueles que nada dá certo
Tem também aqueles onde a cama é a maior inimiga e aliada
Afinal, ela faz a vontade do corpo
E esquece da responsabilidade da alma
Quando se está fazendo o que se gosta o tempo é inimigo
Ainda assim quando há diversão, quem quiser pode chegar.
Minha alma anda solta como o vento primaveril
Observando o observar das rosas a balançar
Balanço doce e intenso igual ao do mar
Mar que dá proteção àqueles que o ama
Amor que se não for cuidado cai na rotina
Triste rotina
Acredite, a rotina destrói
Destrói, mas não mata
Afinal, tudo passa
Dor, solidão, indiferença
E eu, ainda continuo aqui
Tendo eu, minhas milongas
Só assim guardo no coração minhas canções
Assim, fugirei da maldição rotineira que insiste em continuar a permanecer em minha vida.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Mais uma postagem

Tem dias que agente pensa em desistir...

Embora tudo seja dificil, haverá um momento que sobreviveremos a tudo...

Toda luta tem um momento de Glória....

Claro que um dia iremos ter esse momento, no entanto, é luta sob luta!

Apreciem a leitura.



Um dia que alguns choram
João Luiz Batista Mattos

Sabe, muitos choram
Ainda com lágrimas, não deixam de viver
Lágrimas e vida andam e permanecem juntos
Mesmo que algumas pessoas não entendam o motivo disso
Há de se entender e aceitar
Vive-se melhor quando se entrega
Entrega nem sempre é sinonimo de amor
Amor é quando se respira a pessoa amada
Quando até o maior absurto é superado com apenas um sorriso
É se preocupar e aceitar a pessoa que se ama
Mesmo assim, muitos choram
Choram simplesmente por não saberem amar
E choram sem deixar de viver por saberem no fundo que o amor não tem uma formula certa
Pessoas vivem entendendo que tudo é questão de tempo
De tempo para o tempo
Há de se viver
Tudo passa
Nem sempre há motivos para se chatear
Pois até a chateação passa
Paixões e decepções passam
Alegrias e tristezas também
Já o amor que sentes não haverá de passar pois é puro
Isso já basta para viver uma boa vida.

Atualização em dose dupla...

Olá leitores,

Tem tempo que não posto nada e eu sei disso...

Não ando inspirado o suficiente para escrever algo digno que seja lido por voces, contudo, agora venho até voces, leitores, uma atualização dupla...

Espero que apreciem a leitura.


Diferente amor
 João Luiz Batista Mattos
Sempre fui meio rude ao amar
Não que não soubesse valorizar a quem me ama
Mas nem sempre dá pra demonstrar tão bem
Vive-se, trata-se normalmente e algumas vezes a pessoa vai embora
Não dá pra saber nunca como é que isso acontece em vias gerais
Apenas acontece
Há de se ter tranqüilidade e paciência
Dá pra viver só sim, mas compartilhar tudo que a vida dá de bom é o melhor sempre
Acredito que sempre fui inocente
Sem ter aqueles olhos maldosos que todos tem
Eu, um ser carente por natureza não me diferencio dos demais
No meu mundo perfeito, são todos carentes que nem eu
Uns com um nível de carência que não dá pra mensurar
Como ouvi de uma pessoa querida há tempos a traz
"Cada um com sua dor, não há quem possa carregar a dor alheia"
Termino sempre concordando com ela quando lembro disso
Mas continuo achando que todos são carentes
Entretanto, nem todos os carentes estão ou são puros
Todos têm seu nível de maldade, mas a pior delas é a de fingir pureza
Humanos que não tem um coração de criança não teram dentro da vida algo de bom para se levar.
Claro que eu também tenho minha cota de maldade
Bem mais por defesa por ter sofrido demais
Do que fazê-lo por maldade.
Adoraria viver e seguir
Andar e pensar
Sentir e amar
Sem ter o fado de ter que ser mal em algum momento da vida.
E é assim que caminha a humanidade
Mesmo eu me distanciando do que eu queria escrever no começo
Tenho meu jeito de amar, rude e sutil
Que beija sua testa quando vou ou quando chego
E tendo no meu coração a certeza absoluta que enquanto meu coração pensar em você
Estarei em paz!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Texto novo

Bem...

Agradecer pelos acessos e pelas manifestações de carinho aqui, no twitter, no facebook!

Vem mais um texto, que fala sobre amor, laços e carinhos!

Deixem seus comentários!

Obrigado mais uma vez.





Pra tudo tem solução
João Luiz Mattos Souza

Engraçado
Não ser popular e ter que se relacionar
Era tão alegre e tão triste
Faria qualquer coisa para ser reconhecido
E ter apenas um sorriso de aprovação
Nesse instante eu conheci você
Olha como a vida é engraçada
Eu, impopular, que não queria ter alguém que me amasse tanto assim
Não recebi esse amor de cara
Como e por ser amor, não tem como não ficar com medo
Amar verdadeiramente quer ausência de medo
Ambos tivemos esse medo e fomos perdendo aos poucos
Há amor, mesmo quando tudo é nebuloso e sombrio
Pra tudo há uma solução
E houve uma solução melhor que qualquer solução
Amor e gratidão!
Amor por aquela que  me fez e me faz melhor como pessoa a cada dia
E gratidão a Deus por ter permitido viver esse amor!
Espero ansiosamente viver esse amor
Intenso e quente como o verão
Bonito em sua essência como a primavera
Acolhedor como o outono e lúcido como o inverno
Que mesmo no frio da estação faz com que lembremos a coisa mais importante que é:
Amar, amar e amar.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Novo texto...

Olá a todos...

Demorei para atualizar né...

Desculpe, mas tive muitos problemas e algumas crises existênciais...

Tem passado...

Apreciem um texto em homenagem aos meus amigos que considero muito importantes...

Boa leitura!





Aos amigos...
João Luiz Batista Mattos

Escrevo pra quem esta perto
Sei, no entanto que quem está longe também sente saudade
Mesmo sem criar grandes laços para não ter grandes decepções
Criei laços que para mim são mais poderosos que a própria vida
Pessoas com as quais sempre posso contar
Desde aquelas que se alegram pelo simples fato de me ver
Aquelas que riem quando recebem um e-mail de piada boba
Sou meio que um furacão, causando e trazendo mudanças para todos
Eu sou também alvo dessas mudanças
Acredito no reconhecimento e até mesmo em pessoas que não me reconhecem sabem que são reconhecidas por mim
Não sei o quão as pessoas tendem a acreditar nas outras
Eu sei que dou valor aos laços que lutei tanto para conquistar
Laços de amor, laços de companheirismo, laços de cumplicidade
Enfim
Todos os meus laços de amizade são eternos
Mesmo que alguns se desfaçam com o tempo e esses sim não têm mais volta
E vamos vivendo de um jeito ou de outro
Andando e cada um vivendo a própria vida
Certamente alguns de nós, amigos, lembramos uns dos outros vez ou outra
Temos nossas rotinas, medos, faltas de tempo, mas mesmo assim pensamos carinhosamente uns nos outros
Assim como você meu amigo, sinto sua falta
Falta dos risos
Falta das lágrimas, pois amigo bom é aquele que conhece e vive a dor do outro
Falta das conversas intermináveis
E no final de contas, crescemos não é mesmo?
Crescemos para vida, para nossos amores, para nosso próprio crescimento e acima de tudo para nossos amigos!
Continuemos assim, pensando ao menos carinhosamente uns nos outros em nossos corações.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O amor é tudo...

Olá leitores...

Obrigado pelas visitas e pelos comentários...

Esse texto me veio a mente depois de uma conversa com um dos meus melhores amigos!!!

Valeu Tim!!!

Aproveitem e comentem...

O amor é tudo
João Luiz Batista Mattos

Engraçado eu não cria no amor
Não achava que em algum momento, poderia achá-lo e vive-lo
Bem, hoje eu acordei feliz
Não é uma felicidade de hoje apenas
É algo que suporta dívida, brigas, confusões e complicações
Sendo eu pessoa acostumada a superar
Me vi disposto a apenas aceitar
Aceitar amor não é tão fácil quando se é e se pensa como um ser sozinho
Aceitar amor é admitir erros, mesmo estando a beira da loucura
Aceitar amor é ver pessoas querendo ajudar e permitir isso
Aceitar amor é não ser mais sozinho
Meu passado sozinho me fez sofrer, das pessoas as fiz culpadas de algo que não são
Erros de outras pessoas não devem ser passadas para frente...
Devemos sim, assumir nossos erros, quebrar nossos orgulhos e aceitar amorosamente o outro
Claro, sempre haverá divergências, brigas e contendas
Se não houver isso, podemos chamar de vida?
Obvio que não
Vivemos para aprender com as merdas que fazemos
E crescer um pouco mais a cada dia
Haverá momentos de sorrir e de alegria profunda
E aquelas pessoas que humildemente aceitamos em nossas vidas choraram nossas lágrimas...
Acredite, não existe há muito tempo motivo para invejas
Há hoje uma esperança que aceite-se um amor e uma mudança de vida
O amor verdadeiro é aquele que vence o medo, pois aquele que vence o medo mostra que não tem culpa nenhuma em amar!
Portando, apenas ame e deixe-se amar...

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Texto novo... (Postagem especial)

Olá...

Obrigado por continuar vindo e lendo meu blog!

Estou num periodo complicado onde acredito que estou no meu inferno astral por conta de meu aniversário, casamento e uma grande mudança na minha vida...

Estando com esse sentimento fiz um texto hoje e resolvi postar para voces lerem!

Boa leitura!


Coisas distintas
João Luiz Batista Mattos

Sempre fui meio anti social
Isso não mudou durante o tempo
Pessoas têm dificuldade de se relacionar comigo
Eu permaneço sempre indiferente ao que elas pensam
É meio como tocar um foda-se sem deixar de ligar para tudo...
No entanto, vejo meu mundo e me fecho
Não permito que laços novos se façam com facilidade
Sou carente e preciso de atenção o tempo todo
Volta e meia me vejo fazendo algo que é totalmente ridículo para chamar a atenção
E isso quase nunca funciona
Ou me vêem como um idiota
Eu peco diariamente por acreditar diariamente nas pessoas
E a cada decepção me sinto mais triste
Como um soldado que espera seu salvador e ele nunca virá
O destino de morte certa é mais certa do que a própria morte
Embora tudo isso aconteça, eu ainda creio em Deus
Creio nas pessoas que acreditam que se relacionar comigo é algo que vale a pena
Não gosto de gente
Pessoas são falsas, hipócritas e vazias...
Me incluo nisso algumas vezes...
Sou cercado de defesas que me fazem ser um hipócrita filho da puta
Contudo, sigo confiando e acreditando no amanhã
Isso soa como uma oração que faz com que eu permaneça acreditando
Nada é perfeito e minhas palavras afastam quem eu amo e minhas ações deturpam meus sentimentos
Tudo fica mais distante quando eu me torno distante...
Queria que meu Salvador viesse agora e me desse um pouco de paz...
Queria apenas um pouco de amor próprio para que eu não mendigasse tanta atenção
Eu apenas queria ser normal
E não deixar tudo tão distante de mim...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Primeira postagem de 2011!

Desculpe-me por fazer-los esperar...

Estou com a cabeça a mil por causa de muitas coisas.. 

Mas ai vai um novo texto e espero que gostem e divulguem!

Obrigado.


 
Mudanças e mudanças...
João Luiz Mattos Souza

A vida é feita de escolhas
Escolhas essas que temos que fazer
Não adianta nada entrar ano e sair ano e continuar a mesma coisa
Temos que nos motivar e mudar
Mesmo que essa mudança não traga a nós a certeza que queremos que ela traga
Aprendi durante a vida que as mudanças estão para revolucionar nossas vidas
Adaptar-se as mudanças é algo que não exige tempo e sim exige sabedoria
Sempre acreditei que planos concretizam-se quando se tem sabedoria para executá-los
E há a vontade
O querer
Tudo isso influi
Nenhuma mudança acontece por acontecer
Ou ela vem para te mudar e te fazer novo
Ou para te desvirtuar
Estou certo disso
Não há arrependimentos quando se muda
Existe apenas um desejo imenso de dar certo
Assim como aquela linda música que ecoa no meu ouvido quando quero escrever algo bonito
Diz-se o ditado, sonho bom é sonho que se sonha junto
Eu posso dizer que a mudança que acontece só se realiza com uma dose de sofrimento e gana...
Nem se todas as trilhas caminhassem para agente simplesmente se achasse...
Espero que essa mudança me mude, anseio que não me emudeça...
Que quando houver qualquer tipo de coisa boa eu apenas viva e mude!