sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Areia fofa



Areia fofa

João Luiz Mattos Souza

De ter quem mandar fazer
De ter quem mandar buscar

De quem querer sofrer

Só pra se alucinar
Hoje eu não fico perdido

Já sei por quem tomo partido
Homens divididos

Aconteceu comigo
Mas quando se sabe lidar com o mal que há em você

Entende – se o bem que há em você

Sua covardia, só por você querer ser o centro, me deixa agoniado

Quero ser livre pra ter paz
Amor, calma, sapiência

Letras, números e fonemas

Vidas, mortes, dúvidas

Onde você quer chegar com a sua vida?

Digo a você que hoje eu acordei feliz!

Nenhum comentário: